ESTUDO SOBRE O ARREBATAMENTO DA IGREJA - Vários textos

TEXTOS BASE:
"Dois homens estarão no campo: um será levado e o outro deixado. Duas mulheres estarão trabalhando num moinho: uma será levada e a outra deixada. Portanto, vigiem, porque vocês não sabem em que dia virá o seu Senhor. Mas entendam isto: se o dono da casa soubesse a que hora da noite o ladrão viria, ele ficaria de guarda e não deixaria que a sua casa fosse arrombada. Assim, também vocês precisam estar preparados, porque o Filho do homem virá numa hora em que vocês menos esperam." (Mt 24:40-44)

"Pois, dada a ordem, com a voz do arcanjo e o ressoar da trombeta de Deus, o próprio Senhor descerá do céu, e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro. Depois disso, os que estivermos vivos seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, para o encontro com o Senhor nos ares. E assim estaremos com o Senhor para sempre. Consolem-se uns aos outros com estas palavras." (1Ts 4:16-18)

"Mas, nos dias em que o sétimo anjo estiver para tocar sua trombeta, vai se cumprir o mistério de Deus, da forma como ele o anunciou aos seus servos, os profetas”. (Ap 10:7)

INTRODUÇÃO:
Apocalipse sempre é um livro ignorado em épocas confortáveis. É tido como um livro de enigmas, mistérios e que sugere várias interpretações.

Mas na verdade é um livro de encorajamento, de fé e de esperança. É a Palavra Viva de Deus, e há uma promessa nele contida que diz:
"Feliz aquele que lê as palavras desta profecia e felizes aqueles que ouvem e guardam o que nela está escrito, porque o tempo está próximo.” (Ap 1:3)

O Arrebatamento consiste no encontro da igreja (a noiva) com Jesus (o noivo) nos ares.

Os santos devem saber que seu arrebatamento acontecerá quando o sétimo anjo soar a última trombeta.

Todos que Nele crêem serão arrebatados, ou seja, desaparecerão da terra para viverem com Ele nos céus até a segunda etapa da sua segunda vinda: o Aparecimento Glorioso.

Mt 24:4-36 - OS SINAIS PROFÉTICOS

1. Início do período tribulacional
Jesus respondeu: "Cuidado, que ninguém os engane. Pois muitos virão em meu nome, dizendo: ‘Eu sou o Cristo! ’ e enganarão a muitos. Vocês ouvirão falar de guerras e rumores de guerras, mas não tenham medo. É necessário que tais coisas aconteçam, mas ainda não é o fim. Nação se levantará contra nação, e reino contra reino. Haverá fomes e terremotos em vários lugares. Tudo isso será o início das dores.

2. Perseguição aos judeus.
Então eles os entregarão para serem perseguidos e condenados à morte, e vocês serão odiados por todas as nações por minha causa.

3. Religiões enganadoras/manipuladoras e descrédito da religiosidade.
Naquele tempo muitos ficarão escandalizados, trairão e odiarão uns aos outros, e numerosos falsos profetas surgirão e enganarão a muitos. Devido ao aumento da maldade, o amor de muitos esfriará, mas aquele que perseverar até o fim será salvo.

3. Um último avivamento (Última trombeta) - Evangelismo mundial através de eventos e mídia diversas (internet/ tv,s/ cruzadas)
E este evangelho do Reino será pregado em todo o mundo como testemunho a todas as nações, e então virá o fim.

4. O último sofrimento dos judeus na história (o povo escolhido).
"Assim, quando vocês virem "o sacrilégio terrível", do qual falou o profeta Daniel, no lugar santo — quem lê, entenda — então, os que estiverem na Judéia fujam para os montes. Quem estiver no telhado de sua casa não desça para tirar dela coisa alguma. Quem estiver no campo não volte para pegar seu manto. Como serão terríveis aqueles dias para as grávidas e para as que estiverem amamentando! Orem para que a fuga de vocês não aconteça no inverno nem no sábado.

5. O início da Grande Tribulação.
Porque haverá então grande tribulação, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem jamais haverá. Se aqueles dias não fossem abreviados, ninguém sobreviveria; mas, por causa dos eleitos, aqueles dias serão abreviados. Se, então, alguém lhes disser: ‘Vejam, aqui está o Cristo! ’ ou: ‘Ali está ele! ’, não acreditem. Pois aparecerão falsos cristos e falsos profetas que realizarão grandes sinais e maravilhas para, se possível, enganar até os eleitos.

6. Os judeus esperam a volta do Messias. (A segunda vinda)
Vejam que eu os avisei antecipadamente. "Assim, se alguém lhes disser: ‘Ele está lá, no deserto! ’, não saiam; ou: ‘Ali está ele, dentro da casa! ’, não acreditem. Porque assim como o relâmpago sai do Oriente e se mostra no Ocidente, assim será a vinda do Filho do homem. Onde houver um cadáver, aí se ajuntarão os abutres. "Imediatamente após a tribulação daqueles dias ‘o sol escurecerá, e a lua não dará a sua luz; as estrelas cairão do céu, e os poderes celestes serão abalados’. "Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem, e todas as nações da terra se lamentarão e verão o Filho do homem vindo nas nuvens do céu com poder e grande glória. E ele enviará os seus anjos com grande som de trombeta, e estes reunirão os seus eleitos dos quatro ventos, de uma a outra extremidade dos céus.

7. O que é a lição da Figueira?
"Aprendam a lição da figueira: quando seus ramos se renovam e suas folhas começam a brotar, vocês sabem que o verão está próximo. Assim também, quando virem todas estas coisas, saibam que ele está próximo, às portas. Eu lhes asseguro que não passará esta geração até que todas essas coisas aconteçam. O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras jamais passarão”. "Quanto ao dia e à hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, senão somente o Pai.”

QUANDO É O TEMPO DO FIM?

A lição da fogueira nos dá uma idéia de proximidade destes eventos. Existem pelo menos 3 grandes idéias sobre os últimos dias:
  1. Os últimos dias começaram depois do ministério de Jesus. Durante a igreja do primeiro século. Isto é os últimos 20 séculos tem sido os últimos dias.
  1. Os últimos dias começaram a partir de 29/11/1947 (a ONU vota a resolução para o estabelecimento de um estado judeu) em 14/05/1948 é proclamado a criação do Estado de Israel.
  1. Uma outra linha escatológica acredita que os último dias iniciaram na virada do milênio. Após os anos 2000, inúmeros sinais e grandes mudanças começam a acontecer. Os estudiosos dizem que é o início do 7º milênio.
O QUE É O PERÍODO TRIBULACIONAL?

Uma revelação dada à Daniel pelo anjo Gabriel (o anunciador) diz:
"Setenta semanas estão decretadas para o seu povo e sua santa cidade para acabar com a transgressão, para dar fim ao pecado, para expiar as culpas, para trazer justiça eterna, para cumprir a visão e a profecia, e para ungir o santíssimo. Saiba e entenda que a partir da promulgação do decreto que manda restaurar e reconstruir Jerusalém até que o Ungido, o líder, venha, haverá sete semanas, e sessenta e duas semanas. Ela será reconstruída com ruas e muros, mas em tempos difíceis. Depois das sessenta e duas semanas, o Ungido será morto, e já não haverá lugar para ele. A cidade e o lugar santo serão destruídos pelo povo do governante que virá. O fim virá como uma inundação: Guerras continuarão até o fim, e desolações foram decretadas. Com muitos ele fará uma aliança que durará uma semana. No meio da semana ele dará fim ao sacrifício e à oferta." (Dn 9:24-27)

O termo hebraico aqui usado para semanas ("shebuah") significa simplesmente “grupos de sete.” O contexto é que tem que determinar se é uma semana de dias ou de anos. As setenta semanas de Daniel são divididas em três etapas. A saber: “Sete Semanas, Sessenta e duas Semanas e uma Semana”.

Sete semanas são iguais: 7 x 7 = 49. 
Esta parte refere-se a um período de 49 anos que iniciou em 14 de março 445 a.C. com a “saída da ordem para restaurar e para edificar Jerusalém” (Ne 2:4-9) e estendeu-se até a inauguração da edificação de Jerusalém.

Sessenta e duas semanas são iguais: 62 x 7 = 434. 
E fala a respeito do período que iniciou na com inauguração de Jerusalém e se estendeu até por volta do ano 30 - 38 d.C. na época do batismo de Jesus. Início do seu ministério. (os judeus não receberam o seu ungido - Jo 1:11-12)

Fazendo as Contas:  
(49 + 434 = 483). Jerusalém é destruída 70 anos depois de Cristo.
Faltam 7 anos para os 490 anos. 

Usando o linguajar “Semanas”, temos: 7 semanas, mais 62 semanas, que são iguais a 69 semanas (7 + 62 = 69)

Então o Senhor fora aos gentios, e eles o recebeu, com isso nasceu à igreja, faltando uma semana para as 70 semanas.

A última semana:
”E ele firmará um concerto com muitos por uma semana” (Dn 9:27). 
Estes 7 ANOS é dividido em dois períodos. Como os judeus quebraram a Aliança com o Salvador, Ele fez uma Aliança com Igreja. Assim o Deus parou de tratar com os judeus faltando esta semana, ou sete anos. Então, quando Cristo Arrebatar a sua igreja, ou melhor, quando não haver mais a igreja na terra, Deus volta a tratar com os judeus. Quando Deus arrebatará a sua igreja?

Antes da GRANDE TRIBULAÇÃO, no período TRIBULACIONAL 
"Com muitos ele fará uma aliança que durará uma semana. No meio da semana ele dará fim ao sacrifício e à oferta." (Dn 9:27)

PERÍODO TRIBULACIONAL - AS SEIS PRIMEIRAS TROMBETAS?

Vemos diariamente pelos noticiários as manifestações da maldade humana. O homem semeou contra o planeta. Estamos vendo o maior descaso das nações em relação ao Ecosistema. Jesus nos avisou sobre as aflições: Jo 16:33

1. O aquecimento global - Desmatamento do planeta.
O primeiro anjo tocou a sua trombeta, e granizo e fogo misturado com sangue foram lançados sobre a terra. Foi queimado um terço da terra, um terço das árvores e toda a planta verde. (Ap 8:7)

2. Maremotos, deslocamento das geleiras e dos polos, Tsunamis.
O segundo anjo tocou a sua trombeta, e algo como um grande monte em chamas foi lançado ao mar. Um terço do mar transformou-se em sangue, morreu um terço das criaturas vivas do mar e foi destruído um terço das embarcações. (Ap 8:8-9)

3. Contaminação dos rios e represas de abastecimento.
O terceiro anjo tocou a sua trombeta, e caiu do céu uma grande estrela, queimando como tocha, sobre um terço dos rios e das fontes de águas; o nome da estrela é Absinto. Tornou-se amargo um terço das águas, e muitos morreram pela ação das águas que se tornaram amargas. (Ap 8:10-11)

4. Escurecimento do céu. (destruição total da camada de ozônio)
O quarto anjo tocou a sua trombeta, e foi ferido um terço do sol, um terço da lua e um terço das estrelas, de forma que um terço deles escureceu. Um terço do dia ficou sem luz, e também um terço da noite. (Ap 8:12)

5. Choque de um meteoro sobre o planeta. (manifestação de doenças contagiosas poderosas)
O quinto anjo tocou a sua trombeta, e vi uma estrela que havia caído do céu sobre a terra. À estrela foi dada a chave do poço do Abismo. Quando ela abriu o Abismo, subiu dele fumaça como a de uma gigantesca fornalha. O sol e o céu escureceram com a fumaça que saía do abismo. Da fumaça saíram gafanhotos que vieram sobre a terra, e lhes foi dado poder como o dos escorpiões da terra. Eles receberam ordens para não causar dano nem à relva da terra nem a qualquer planta ou árvore, mas apenas àqueles que não tinham o selo de Deus na testa. Não lhes foi dado poder para matá-los, mas sim para causar-lhes tormento durante cinco meses. A agonia que eles sofreram era como a da picada do escorpião. Naqueles dias os homens procurarão a morte, mas não a encontrarão; desejarão morrer, mas a morte fugirá deles. (Ap 9:1-6)

6. Manifestação de pragas, poluentes e doenças pesadas.
Ela disse ao sexto anjo que tinha a trombeta: "Solte os quatro anjos que estão amarrados junto ao grande rio Eufrates”. Os quatro anjos, que estavam preparados para aquela hora, dia, mês e ano, foram soltos para matar um terço da humanidade. Um terço da humanidade foi morto pelas três pragas de fogo, fumaça e enxofre que saíam das suas bocas. (Ap. 9:14-15-18)

O QUE É A GRANDE-TRIBULAÇÃO?
A manifestação total da IRA de Deus sobre os filhos da desobediência

"Mas, nos dias em que o sétimo anjo estiver para tocar sua trombeta, vai se cumprir o mistério de Deus, da forma como ele o anunciou aos seus servos, os profetas”. (Ap 10:7)

"Darei poder às minhas duas testemunhas, e elas profetizarão durante mil duzentos e sessenta dias, vestidas de pano de saco”. (Ap 11:3)

As duas testemunhas, alguns estudioso dizem ser Elias e Enoque. Os únicos arrebatados na história bíblica. (Eles são testemunhas do arrebatamento)

O tempo das testemunhas: 1260 dias : 30 dias = 42 meses : 12 meses = 3 anos e 6 meses

Durante três dias e meio, homens de todos povos, tribos, línguas e nações contemplarão os seus cadáveres e não permitirão que sejam sepultados. (Ap 11:9)

QUANDO ACONTECERÁ O ARREBATAMENTO?

"Mas, depois dos três dias e meio, entrou neles um sopro de vida da parte de Deus, e eles ficaram de pé, e um grande terror tomou conta daqueles que os viram. Então eles ouviram uma forte voz do céu que lhes disse: "Subam para cá". E eles subiram para o céu numa nuvem, enquanto os seus inimigos olhavam. Naquela mesma hora houve um forte terremoto, e um décimo da cidade ruiu. Sete mil pessoas foram mortas no terremoto; os sobreviventes ficaram aterrorizados e deram glória ao Deus do céu. O segundo ai passou; o terceiro ai virá em breve. O sétimo anjo tocou a sua trombeta, e houve altas vozes no céu que diziam: "O reino do mundo se tornou de nosso Senhor e do seu Cristo, e ele reinará para todo o sempre”. Os vinte e quatro anciãos que estavam assentados em seus tronos diante de Deus prostraram-se sobre seus rostos e adoraram a Deus, dizendo: "Graças te damos, Senhor Deus todo-poderoso, que és e que eras, porque assumiste o teu grande poder e começaste a reinar. As nações se iraram; e chegou a tua ira. Chegou o tempo de julgares os mortos e de recompensares os teus servos, os profetas, os teus santos e os que temem o teu nome, tanto pequenos como grandes, e de destruir os que destroem a terra”. Então foi aberto o santuário de Deus no céu, e ali foi vista a arca da sua aliança. Houve relâmpagos, vozes, trovões, um terremoto e um grande temporal de granizo. (Ap 11:11-19)

CONSIDERAÇÕES FINAIS:
Apocalipse é uma palavra que quer dizer “tirar o véu” (revelação), ou seja, revelação. Quando uma coisa está escondida, invisível, é preciso tirar o véu para que ela seja vista. O que estava escondido? 
A esperança e a vitória do povo de Deus. “Até quando, Senhor?”, pergunta o povo. 
O livro do Apocalipse é a resposta de Deus (Ap 1:11 e 19), que tira o véu da desesperança: 

“Bem-aventurados aqueles que lêem e aqueles que ouvem as palavras da profecia e guardam as coisas nela escritas, pois o tempo está próximo” (Ap 1:3).


Apocalipse é o livro do TRIUNFO de Cristo.
Pr. Bruno dos Santos